A importância da castração em animais de companhia.

2018-06-27T17:29:21+00:00 junho 27th, 2018|Cães, Castração, Cirurgia, Gatos|

A maioria das pessoas acredita que o maior benefício de ser castrar um pet se resume ao controle populacional, mas vamos juntos desmistificar essa crença e apresentar outros benefícios tão importantes quanto esse controle, como por exemplo o aumento da longevidade do (a) seu (a) melhor amigo (a).

Antes de irmos diretamente ao assunto, gostaria de citar dois cuidados básicos com a saúde do seu pet que também poderão contribuir para uma vida longa e saudável ao seu lado, que são alimentação e prevenção de doenças. Uma alimentação balanceada e específica atenderá as necessidades dele conforme a idade, peso e até mesmo a raça; já a prevenção de doenças está diretamente relacionada a vacinação e acompanhamento por meio de check-ups anuais que certificarão se a saúde do seu amiguinho está boa.

Dito isso, posso introduzir os benefícios da castração, pois também se trata de medicina preventiva, como veremos em breve.

A propósito, você sabia que nós seres humanos também nos beneficiamos com a castração dos petes? Sim! Esses benefícios estão relacionados a aspectos da interação indesejada entre seres humanos e animais, como por exemplo, na solução da superpopulação de animais, visando reduzir a transmissão de zoonoses (doenças transmitidas ao ser humano), acidentes automobilísticos e acidentes decorrentes de ataques.

Ao que tange a saúde do pet, a castração pode proporcionar uma maior expectativa de vida.

Nos machos, a castração atua na prevenção de diversos distúrbios ligados ao aparelho reprodutor, como neoplasias, torção do cordão espermático, orquites (inflação dos testículos), epididimites (infecção do epidídimo), hipertrofia prostática benigna, prostatite crônica, adenoma perianal, hérnia perianal etc. Há benefícios de ordem comportamental como: diminuição do risco de fugas para encontrar “namoradas”, evitando assim atropelamentos e brigas com outros animais; redução da necessidade de marcar território com urina e em alguns casos, o pet pode ficar mais dócil.

Nas fêmeas, o procedimento possui diversas indicações, como a redução do risco de enfermidades mamárias e uterinas; piometra (infecção do útero), bem como na prevenção de tumores, cistos, pseudociese (gravidez psicológica), hipertrofia mamária felina, hiperplasia/prolapso vaginal, cio persistente, aplasia medular etc.

Os tumores de glândulas mamárias são os tumores mais frequentes nas cadelas, representando cerca de 50 a 70% de todas as neoplasias nessa espécie. Já na espécie felina, os tumores mamários são o terceiro tipo mais comum.

O tumor mamário acomete principalmente fêmeas caninas com faixa etária entre 7 e 12 anos. Ou seja, se sua cadelinha já está nessa faixa etária, fique atendo e faça o exame de palpação, mesmo que ela seja castrada, pois existem diferenças significativas quanto ao índice de risco em cadelas castradas e não castradas dependendo da fase em que a intervenção cirúrgica é realizada. Vamos entender um pouco melhor?!

A castração realizada antes do primeiro cio reduz o risco de desenvolvimento da neoplasia mamária para 0,5%. Realizada após o primeiro cio o risco sobe para 8% e quando a castração ocorre após o segundo cio a probabilidade é de aproximadamente 26%. Após estímulo hormonal excessivo, o efeito protetor da castração desaparece, ou seja, quanto mais cios ela tiver, menos efeito terá a castração na prevenção de neoplasias.

Contudo, sabemos que há contraindicações para a castração precoce, como: incontinência e obstrução urinária, vulva infantil, alterações no crescimento, entre outros. Assim, há um novo consenso sobre a castração ocorrer entre o primeiro e segundo cio, sendo esse o protocolo adotado pelo CMV Jardim América.

Vale destacar algo bastante sério também! Com o uso de progestágenos (inibidores de cio), o risco de desenvolvimento de neoplasia mamária é 2,32 vezes maior, sendo que após a utilização destes, cerca de 91% dos tumores desenvolvidos são malignos, ou seja, esses medicamentos não devem ser uma opção para sua cadelinha.

Espero que essas informações tenham sido úteis, tirados suas dúvidas e feito você refletir quanto aos benefícios da castração. Caso queira conversar pessoalmente, fazer uma avaliação do seu pet para realização do procedimento de castração, estamos à disposição. Essa avaliação é gratuita e pode ser agendada pelo nosso SAC (62) 3095-1867.

 

Laiz Alves Pereira

Médica Veterinária, Cirurgiã do CMV Jardim América.